SpaceChain lançará tecnologia blockchain para a Estação Espacial Internacional

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 09/12/2019

O céu não é o limite!

O BraisNews, noticiou a um tempo atrás, que a Nasa está investindo na busca por cientistas com conhecimentos no mercado de criptomoedas e blockchain, visando melhorar os seus produtos e serviços.

A missão espacial CRS-19 envolvendo uma parceria entre as empresas Space Chain (combina tecnologia e blockchain nos seus serviços), Nanoracks e a própria Nasa, pretende enviar para a Estação Espacial Internacional a bordo do foguete SpaceX Falcon 9, uma tecnologia de carteira de hardware com blockchain.

“A tecnologia blockchain é a próxima grande novidade no espaço. A SpaceChain aborda vulnerabilidades de segurança para sistemas financeiros e ativos digitais na crescente economia digital. Através da integração de tecnologias, novos paradigmas que antes estavam além do alcance agora podem ser criados e adicionar elementos interessantes na Nova Economia Espacial. ”, relatou o cofundador e diretor da tecnologia SpaceChain Jeff Garzik.

Após a conclusão da missão, a carga irá receber, autorizar e retransmitir as transações em blockchain, solicitando assinaturas múltiplas para serem finalizadas, aumentando consequentemente a segurança das operações.

Nos últimos anos, a SpaceChain já realizou o envio de algumas cargas de blockchain. A expectativa é que os testes para essa carga sejam concluídos no início de 2020.