Projeto Blockchain na área jurídica é lançado no Ceará

Blockchain fazendo justiça

Conhecida por ser o único sistema online do mundo que nunca foi invadido, a blockchain inspira vários projetos também na área de registros de informações.

O Banco do Nordeste (BNB), entidade de economia mista controlada pelo Governo Federal, vai receber um subsídio de R$ 153 mil para o custeio de um projeto de gestão de identidade digital baseado na tecnologia blockchain . O objetivo é criar uma plataforma para que empresas transacionem com segurança.

O nome da empreitada é ‘Contratos inteligentes para execução de ativos contratuais via Blockchain’. A startup do Ceará Handshake  é a responsável pela criação do projeto.

De acordo com o CEO da  Handshake, Laércio Avelino, a  missão do projeto é desenvolver um sistema para validar assinaturas de transações e tokenizar ativos jurídicos. Há algumas semanas, um projeto bem semelhante da empresa Bipp, do Piauí recebeu investimentos, também do Banco do Nordeste, de R$ 200 mil.

Por: Fábio Vieira