Primeiro registro de casamento homossexual em blockchain Brasileira

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 18/12/2019

Pioneiros da blockchain Brasileira

A IBM no dia 17 de dezembro ajudou a realizar o primeiro registro de casamento homossexual no Brasil usando a tecnologia blockchain.

A União Estável possui o mesmo valor jurídico de um casamento, sendo registrado tanto de forma física como na blockchain e aconteceu no Rio de Janeiro, em parceria com a IBM e a rede Notary Ledgers.

O processo envolveu duas etapas, a primeira delas foi a criação de identidades digitais na rede e a segunda foi a elaboração de um questionário para a geração automática de ação sindical estável. O certificado foi validado por dois notários e assinado digitalmente.

“É definitivamente um grande passo para otimizar os processos burocráticos da nossa sociedade. Provavelmente, no futuro, poderemos fazer tudo em casa, independentemente do horário de funcionamento ou da estrutura física dos cartórios”, comenta Guilherme.

A união de Guilherme e Diego são um marco para a tecnologia blockchain e o líder da IBM América Latina concorda que o registro em blockchain vem ganhando grande relevância no Brasil, transformando as vidas de várias pessoas.