Primeiro fundo de bitcoin do Oriente Médio é listado na Nasdaq Dubai

O Fundo Bitcoin QBTCu.TO, da gestora de ativos digitais canadense  3iQ, foi o primeiro fundo de criptomoedas a ser aceito na Nasdaq de Dubai. Com essa aprovação tornou-se o primeiro do oriente médio e abre espaço para a popularização e inserção dos ativos digitais da região.

O fundo da 3iQ fornece participações de bitcoin a longo prazo, uma alternativa de oferecer aos investidores uma exposição ao ativo e seus altos rendimentos, mas sem precisar lidar com a compra e oscilações do ativo diretamente. De modo geral, o fundo aplica uma estratégia de HODL e não especula sobre os movimentos de curto prazo do bitcoin.

Além de Dubai, a  3iQ também está em negociações com os EUA, Suécia, Taiwan e Cingapura para lançar fundos semelhantes.

Oriente Médio e Criptoativos 

O Oriente Médio tem se mostrado aberto às criptomoedas, tanto que tem projeto de lançar sua própria cripto. No final de 2020 o Banco Central Saudita (SAMA) e o Banco Central dos Emirados Árabes Unidos (CBUAE) anunciaram ter feito o primeiro teste da moeda digital que estão desenvolvendo em conjunto. 

Segundo relatório feito pelo bancos, o Projeto Aber como é chamado, possui lastro em moedas fiduciárias e é tecnicamente viável para pagamentos transfronteiriços.

O projeto ainda segue em fase de testes e não tem previsão para ser lançado