Prefeito de Maceió autoriza criação de NFTs para aumentar arrecadação do município

O prefeito de Maceió, capital de Alagoas, João Henrique Caldas, autorizou o poder público a criar NFTs (tokens não-fungíveis) com o intuito de gerar renda para o município.

Segundo o gestor, a ideia é que Maceió faça parte do mapa tecnológico brasileiro, “permitindo a criação de ativos digitais que poderão ser leiloados, gerando recursos para investimento em finalidades de interesse público.” 

Leia também: Prefeitura do Rio vai aceitar pagamento do IPTU com criptomoedas, a partir de 2023. 

O projeto segue agora para a Câmara Municipal de Alagoas para votação em plenário. O projeto de lei que foi elaborado visa a criação de NFTs de pontos turísticos da cidade, buscando atrair não só a população local, mas também os turistas.

“Os NFTs possibilitarão aumento na arrecadação, e faz com que pontos culturais, obras de arte da cidade virem elementos que fiquem guardados para a posteridade. Dessa forma, fazendo leilões, podemos arrecadar mais recursos para o Município, e com isso investir no desenvolvimento e na parte de tecnologia”. Declarou o secretário de Governança de Maceió, Antônio Carvalho, ao site livecoins.

A ideia do projeto é criar um fundo contábil e financeiro para gerenciar o novo setor de NFTs locais. Outra possibilidade é que Maceió receba doações de NFTs, que também passam a ser permitidos.

Aproxime-se da sua liberdade financeira, clique no botão abaixo: