Novo carro da Fiat vai dar criptomoedas a quem o dirige

O Fiat 500 dará cerca de 1 KiriCoin por km dirigido para o motorista

A Fiat anunciou que o Fiat 500, seu primeiro carro elétrico terá um programa de recompensa para seus proprietários que passarão a ganhar a criptomoeda KiriCoin a cada km rodado no veículo. As moedas poderão ser coletadas em uma carteira virtual acessada por meio de um app da Fiat para smartphone. Os Kiricoins podem ser usados ​​para comprar produtos e serviços no próprio mercado da Kiri.

O programa faz parte de uma parceria entre a Fiat e a Startup Kiri Technologies, voltara para criar soluções ecologicamente corretas. O novo sistema do carro foi desenvolvido a partir do interesse em comum das empresas de oferecer um programa ecologicamente correto e também adentar no mercado das criptomoedas.

Com a parceria, a Fiat torna-se a primeira montadora a criar um sistema de recompensa com base na consciência ambiental. O pagamento dos KiriCoins serão feitos a partir da análise da sustentabilidade e estilo de condução dos motoristas. Para acumular mais KiriCoins o condutor precisa ser conservador e responsável.

De acordo com um comunicado da empresa à imprensa, um quilômetro dirigido será equivalente a mais ou menos um KiriCoin. Atualmente cada KiriCoin está valendo cerca de dois centavos de euro. Sendo assim, um veículo que percorre cerca 10.000km por ano, pode render aproximadamente 150 euros ao motorista.

Os condutores com as melhores pontuações de acordo com os critérios da empresa, receberão recompensas exclusivas, como vouchers na Amazon, Apple, Netflix e Spotify.

Segundo a Fiat, o objetivo deste tipo de incentivo é formar uma comunidade de pessoas, por meio de um programa de fidelidade que incentive um estilo de vida sustentável, como explicou Gabriele Catacchio, gerente do Programa de e-Mobilidade “O objetivo é criar uma comunidade de pessoas que vivam com uma atitude mais atenta ao meio ambiente, graças a um programa de fidelidade inovador que os incentive a adotar um estilo de vida sustentável”, disse.

No futuro, a iniciativa também pode ser estendida para recompensar comportamentos sustentáveis ​​em outros setores, como a compra de energia renovável, mantimentos e produtos orgânicos.