Google estuda permitir que clientes guardem criptomoedas em carteiras digitais, diz Bloomberg

A gigante de tecnologia Google parece estar cada vez mais próxima do mercado de criptomoedas após firmar parcerias com a Coinbase e BitPay, segundo indica um relatório divulgado nesta semana pela Bloomberg.

O relatório aponta que a Google está considerando a hipótese de permitir o armazenamento de criptomoedas em cartões digitais, enquanto os usuários seguirão pagando em moedas tradicionais.

O presidente de comércio do Google , Bill Ready, disse à Bloomberg que a gigante de tecnologia tem prestado muita atenção nas criptomoedas e está procurando fazer mais dessa parceria, embora a empresa ainda não aceite criptos para transações.

Ainda conforme o relatório da Bloomberg, as integrações de criptomoeda do Google permitiriam que seus clientes mantivessem BTC em seus cartões digitais enquanto gastam moeda fiduciária, por exemplo.

O mercado de criptoativos é uma grande oportunidade para quem deseja encontrar a liberdade financeira.