Famosos rendem-se ao mundo cripto. Nomes como Gisele Bündchen, Tom Brady e Messi são investidores em criptomoedas.

O universo das criptomoedas tem ganhado espaço nos últimos anos e é um dos mercados que mais cresce e se valoriza no mundo, mesmo sendo muito recente, tendo cerca de 12 anos de existência. Atualmente, o mercado de criptomoedas movimenta ao dia cerca de 2 trilhões de dólares e conta com grandes e influentes investidores no mercado, tanto de grandes empresas como também de pessoas famosas. Por isso, separamos uma lista de famosos nacionais e internacionais que fazem parte do mercado cripto.

Gisele Bündchen e Tom Brady – A ex-top model e o jogador de futebol americano recentemente tornaram-se acionistas da exchange norte-americana FTX. O casal fez um acordo conhecido como “Media for Equity” e ganharam ações em troca de serem embaixadores da exchange. Eles também receberão bônus pela sociedade, que serão pagos com cripto. Além disso, Gisele atuará como um consultora da FTX para iniciativas ligadas ao meio ambiente e causas sociais.

50 Cent – O rapper tem uma excelente história envolvendo bitcoin. Em 2014 ele lançou o álbum “Animal Ambition” e permitiu que seus fãs o comprassem com bitcoin, que na época valia cerca de 2.500 dólares. Devido a falta de popularização da cripto, o rapper esqueceu que possuía o ativo e só lembrou em 2018. Quando foi olhar sua carteira, 50 Cent possuía alguns milhões de dólares em bitcoin.

Myke Tyson – O grande nome do boxe é também um grande entusiasta do mercado cripto. Tyson fez uma parceria com a Bitcoin Direct e possui máquinas que permitem comprar bitcoins com dinheiro ou cartão de débito em Las Vegas. O ex-atleta também tem planos de criar seu próprio aplicativo de carteira cripto para celular.

Messi – O jogador que recentemente foi destaque ao ter uma porcentagem da sua contratação para o time francês Paris Saint-Germain paga com cripto, faz parte desse universo bem antes da ida ao PSG. Messi, além de investidor, foi garoto propaganda da SirinLabs, empresa do mundo cripto que lançou a linha Finney de Smartphones com sistema operacional que permite acesso seguro à rede blockchain.

No Brasil, o apresentador Emílio Surita declarou-se investidor de bitcoin e disse ter ficado rico com a moeda. Emílio adquiriu bitcoins em 2010, quando o ativo valia poucos centavos de dólares. O apresentador não informou quanto faturou com bitcoins, mas confirmou que enriqueceu com o ativo.

O também apresentador Daniel Zukerman, do Programa Pânico, também é investidor do mercado cripto. Foi ele inclusive que indicou a compra de btc para Emílio. Em entrevista ao podcast Flow, Daniel falou que acredita no bitcoin desde 2009, mas não revelou quanto tem do ativo.

Esses são só alguns nomes de inúmeros famosos que se renderam ao universo cripto. Além das criptomoedas, os artistas também têm entrado no mercado através das NFTs. Nomes conhecidos como Paris Hilton, Katy Perry e Mick Jagger já lançaram suas NFTs e alguns ganharam milhões de dólares com eles.

Com o constante crescimento do mercado, a tendência é que mais famosos também comecem a fazer parte dele. A presença desses artistas no mercado ainda contribui para que ele se popularize e mais pessoas passem a conhecê-lo e a investir em cripto.