Estados Unidos considera utilizar blockchain

Blockchain invadindo os Estados Unidos!

Um órgão do governo dos Estados Unidos vai financiar a startup KRNC, a fim de explorar outras formas de aumentar a segurança das transações financeiras de dólar, com o uso de blockchain por exemplo

A National Science Foundation (Fundação Nacional de Ciência), órgão do governo americano, doou US$225 mil à startup especializada em tecnologia blockchain, Key Retroactivity Network Consensus (KRNC). O investimento pretende estudar a viabilidade de integrar os recursos de segurança utilizados pelas criptomoedas, como os registros em blockchain e tokenização, à economia dos EUA.

Diferentemente do que está sendo especulado, a atitude não pretende substituir o dólar convencional por uma versão digital da moeda. Na verdade, o intento norte americano é de aplicar a tecnologia utilizada nas transações de criptomoedas à economia do país.

O protocolo que a startup desenvolve iria distribuir a mesma quantidade de dólar que um cidadão possuía em criptomoedas, sem que a compra fosse necessária. Assim, isso não tornaria as pessoas mais ricas, mas concederia a elas um meio alternativo de transferir fundos online.

Segundo a gerente Anna Brady-Estevez, “nosso financiamento desse protocolo não deve ser mal interpretado como um endosso de qualquer iniciativa para atualizar o dólar americano ou torná-lo mais parecido com bitcoin ou qualquer outra criptomoeda”.

Por: Amanda Martins

Publicado em 17/06/2020