Empresa americana lança software gratuito que relata impostos sobre criptomoedas

Por: Daniela Abrantes

Publicado em 29/11/2019

Um relatório nunca foi tão fácil de se fazer

A fabricante de softwares CryptoTrader.Tax, com sede no Missouri, estado dos Estados Unidos, fez o lançamento de um novo produto que facilita os relatórios de impostos sobre criptomoedas, gerando automaticamente relatórios para os clientes e produzindo importações automáticas, fornecendo uma descrição do processo para importar transações pelos clientes.

Conforme os anos fiscais vão chegando ao fim, o software foi projetado para ajudar as empresas e profissionais em contabilidade a aconselhar seus clientes sobre os relatórios de impostos de criptomoedas de acordo com as diretrizes tributárias estabelecidas pelo IRS (Internal Revenue Service) dos Estados Unidos.

Aproximadamente 150 milhões de americanos terão que responder ao IRS, através de um formulário se recebem, vendem, enviam ou trocam alguma moeda digital. Sendo esperado cerca de 12 milhões de declarações fiscais que contenham alguma forma de investimento em criptomoedas.

“Estamos vendo que milhares de profissionais em impostos agora estão procurando ferramentas de software para ajudá-los a automatizar os relatórios cripto para seus clientes. Estamos entusiasmados por lançar nosso conjunto profissional de taxas cripto para fornecer uma solução muito necessária para esses profissionais.” relata David Kemmerer, CEO e cofundador da CryptoTrader.Tax.

Milhares de usúarios efetuaram mais de US$ 10 bilhões em transações de criptomoedas.

De 2018 para 2019, o número de americanos que possuem criptomoedas aumentou de 7,95% para 14,4%. Entretanto, os dados divulgados indicam que 0,04% dos declarantes de impostos reportavam ganhos de capital provenientes de investimentos em criptomoedas. De acordo com as novas regras do IRS, as pessoas que também recebem moeda digital como salário ou como resultado de um hard fork, estão sujeitas a impostos. A Receita Federal entretanto ainda não decidiu se os airdrops promocionais devem ser tributáveis ou não.