Emirados Arabes lança plataforma de dados médicos com blockchain

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 06/02/2020

Armazenamento de dados em tempo real

A união entre o Ministério da Saúde e Prevenção dos Emirados Árabes Unidos (MoHAP), o Ministério de Assuntos Presidenciais e outras autoridades relevantes, resultou em um projeto que permite o armazenamento de dados de saúde com a tecnologia blockchain.

A plataforma permite aos usuários a busca por unidades de saúde e médicos de forma mais simples, além de informar sobre os suprimentos de medicamentos disponíveis, utilizando o armazenamento de dados na plataforma blockchain, garantindo alta segurança através do sistema descentralizado e criptografado, contando com características de Inteligência Artificial (IA)

O uso dessas tecnologias ocorre devido ao uso por parte de 80% de entidades governamentais dos Emirados Árabes, como por exemplo o Departamento de Desenvolvimento Econômico de Dubai que utiliza a tecnologia blockchain numa plataforma de registro de negócios.

Apesar dos benefícios principalmente relacionados a segurança, o setor de saúde ainda enfrentará desafios para a adaptação de regulamentações, privacidades, negócios e relacionamento entre fornecedores e pacientes.