El Salvador e Israel firmam parceria para ajudar país europeu a implementar sistemas que trabalhem com criptomoedas

El Salvador, primeiro país no mundo a adotar o bitcoin como moeda de curso legal, firmou uma parceria com Israel para ajudar o país europeu a estruturar sistemas que trabalhem com criptomoedas.

Essa parceria é importante e expõe a intenção dos israelitas em conhecer melhor as criptomoedas e as tecnologias que circundam esse universo. A primeira parceria firmada foi entre o governo salvadorenho e a Universidade Hebraica.

Leia também: São Paulo está aceitando pagamento de ingressos com criptomoedas
Leia também: Maior stablecoin do mundo lança versão pareada com peso mexicano

Através dessa parceria, os estudantes de Israel poderão aprender mais sobre a criação de sistemas de criptomoedas, assim como estratégias de desenvolvimento econômico. 

O governo de El Salvador, aliás, vê a busca por parcerias, especialmente com nações fortes economicamente, como algo importante, uma vez que pode atrair investimentos estrangeiros no país caribenho.

Nas últimas semanas, El Salvador já havia reunido cerca de 44 representantes de bancos centrais para um encontro cujo tema central foi o bitcoin. 

Aproxime-se da sua liberdade financeira, clique no botão abaixo: