Criação pode prever eventos climáticos extremos

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 12/02/2020

Tecnologia direta de São Pedro

A Universidade de Rice, no Texas (EUA), desenvolveu um sistema de aprendizagem profunda capaz de prever a ocorrências de eventos climáticos extremos.

Através de um mapa que determina a mudança de temperatura e pressão do ar de uma área, o sistema pode dizer se vai acontecer algum evento climático, como por exemplo: ondas de calor e tempestades.

85% de acerto

A tecnologia utilizada para fazer as previsões é de uma rede neural de cápsulas, que pegam as posições relativas dos padrões de pressão e indica como o clima irá mudar.

“Entendemos que isto era um problema de reconhecimento de padrões. Então, decidimos tentar reformular a previsão do tempo extremo como um problema de reconhecimento de padrões, em vez de um problema numérico”, afirmou Pedram Hassanzadeh, coautor do estudo e professor do departamento de engenharia mecânica da Universidade de Rice.

Como declarou Hassanzadeh, a abordagem surgiu devido as previsões anteriores serem pouco confiáveis, por isso ele pretende estender o estudo para os meteorologistas poderem utilizar nas previsões de 10 dias.