Carrefour pretende monitorar todos os seus produtos em blockchain

Grupo pretende inserir todos os produtos de marca própria em blockchain até 2022

Um dos maiores grupos varejistas do mundo, o Carrefour está atento à corrida tecnológica e quer largar na frente dos concorrentes. A ideia da rede é implementar o rastreamento de todos os seus produtos de produção própria, em blockchain até o ano de 2022.

A marca ‘Carrefour’ e ‘Sabor & Qualidade’ são as linhas de produto que vão ser “subidas” para o sistema blockchain da gigante francesa em breve.

A revelação da notícia foi feita durante a Rio Blockchain Conference, evento na cidade carioca que trata sobre tecnologia criptográfica, blockchain e criptoativos. A Gerente de Segurança Alimentar do Carrefour, Júlia Carlini, revelou mais detalhes sobre o projeto:

“Nosso compromisso número um é com a rastreabilidade. A blockchain traz a segurança das informações. No mundo a gente tem 22 cadeias, em vários países, usando tecnologia blockchain. […] A gente fez uma pesquisa com os consumidores pra entender quais as maiores preocupações deles, e viu que a maior preocupação era com relação à qualidade, o trajeto do alimento até as gôndolas, e a gente conseguiu desenvolver uma plataforma Hyperledge de blockchain”, destaca Júlia. 

A rede de hipermercados já implementou em 2019 o uso da blockchain em sua rede de produção de alimentos. A iniciativa já mostra resultados, com aumento na eficácia no rastreio de mercadorias, bem como crescimento das vendas da rede.

Por: Fábio Vieira.