Blockchain pode ser utilizada para gerenciamento de direitos autorais

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 09/12/2019

Blockchain abre os olhos da indústria.

Uma parceria envolvendo a Sociedade Italiana de Autores e Editores (SIAE) e a Algorand, motiva o desenvolvimento de um ecossistema que gerencie os direitos autorais, baseados na plataforma blockchain lançada pela Algorand.

Utilizando de um protocolo de Prova de Participação (PoS), eles garantem a descentralização, escalabilidade e segurança, tornando-o adequado para administração dos dados e transações no gerenciamento de direitos autorais.

“Explorar as oportunidades oferecidas pela tecnologia, imaginar um futuro de soluções que garantam maior eficiência e transparência aos nossos membros. […] Nossa colaboração com a Algorand faz parte de um processo de sinergia e cooperação com os principais players nas áreas de pesquisa e inovação, tanto em escala nacional quanto global. Juntos, continuamos a escrever uma história que começou há 137 anos e que hoje abraça o futuro. ”, comentou o gerente geral do SIAE, Gaetano Blandini.

O gerente geral do SIAE e o fundador da Algorand, Silvio Micali, concordam que o projeto visa a melhoria na eficiência das ferramentas e serviços na criação de direitos autorais, as empresas estão confiantes que no futuro a tecnologia blockchain se torne a base para a indústria.