Banco peruano utiliza Ripple para pagamentos internacionais

Por: Allef Henrique
Publicado em 11/11/2019

Ripple das terras peruanas para o mundo

Joisie Mantilla, especialista em blockchain, esteve presente na conferência Ripple Swell em Cingapura, onde anunciou que o Banco Internacional del Peru, o principal banco do país, estará trocando suas transações internacionais para utilizar o serviço de pagamento da Ripple chamado On-Demand Liquidity (ODL) que usa a moeda digital XRP.

O banco peruano vem testando o sistema de mensagens de pagamento da Ripple, o xCurrent, há mais de um ano e agora foi decidido que era o momento de atualizar seus serviços e utilizar o XRP como moeda para pagamentos internacionais.

O produto ODL da Ripple, que antes era chamada de xRapid, utiliza XRP como ponte entre moedas fiduciárias, onde foi lançada em 2018. Acredita-se que um número inferior a 10% da sua base de clientes da Ripple, que possui mais de 300, tenha atualmente optado trocar para o serviço ODL.

Quem pode parar a Ripple?

A Ripple continua focada na sua principal meta atualmente, a expansão do seu alcance por todo o mundo, oferecendo soluções para transações mais velozes e com menos custo. Segundo o site ZyCrypto, essa expansão ocorre atualmente para o mercado asiático. E como esperado, quando a Ripple tem algum expressivo desenvolvimento de suas atividades, a moeda (XRP) tende a entrar em um estágio otimista.

Há algum tempo, a SBI Group (instituição bancária do Japão) fez uma parceria com a Ripple para o lançamento do seu novo aplicativo de pagamentos chamado Money Tap. Esse app é executado diretamente na plataforma XRPL (XRP Ledger).