Banco Central americano admite potencial da Libra

Por: Allef Henrique
Publicado em 19/11/2019

O Banco Central dos Estados Unidos afirmou que projetos de stablecoins como a Libra (criptomoeda do Facebook) podem se tornar um novo meio de troca, caso sejam devidamente desenvolvidas e regulamentadas. A afirmação foi publicada pelo site The Block na última segunda-feira (18).

A Libra, como todas as iniciativas globais de stablecoins, “possui o potencial de atingir rapidamente uma ampla adoção”, afirmou o Banco Central americano no mais recente relatório de estabilidade financeira. Porém, se ocorrer um desenvolvimento impróprio ou irregular com elas, as stablecoins podem apresentar riscos à estabilidade financeira, como aponta o órgão. Por exemplo, a inabilidade de converter stablecoins em moedas domésticas ou liquidar pagamentos na hora.

“Em um cenário extremo, detentores podem não conseguir liquidar seus ativos, com potenciais consequências severas para a atividade econômica nacional e internacional, bem como o valor dos ativos e a estabilidade financeira.” explicou o Banco Central.

As stablecoins ainda devem também atender regras de anti-lavagem de dinheiro e anti-financiamento de causas terroristas, como acrescenta o órgão, ressaltando ainda que emissores devem revelar completamente os termos de seus serviços, devendo ser transparentes sobre como uma stablecoin está pareada com o ativo utilizado de lastro.

“Conforme ressaltado pelo G7, nenhum projeto de stablecoin global deve começar suas operações até que desafios legais, regulatórios e de supervisão sejam resolvidos. Deve-se aderir a uma regulação que seja clara e proporcional aos riscos.” concluiu o Banco Central.