Edit

Somos a primeira empresa do Brasil a ter um sistema corporativo funcionando 100% com tecnologia blockchain e a maior holding de blockchain da América Latina.

Além disso, a nossa holding também desenvolve jogos digitais e temos a missão de educar pessoas para as profissões do futuro através do nosso curso de criptotraders profissional.

Após criticar Bitcoin, Elon Musk volta a flertar com o ativo e diz que Tesla deve voltar a aceitá-lo como forma de pagamento.

 

O bilionário e empresário Elon Musk que, há pouco mais de dois meses, informou através das suas redes sociais que iria suspender as vendas de carros da Tesla usando bitcoin, devido aos impactos ambientais causados pela mineração de moedas digitais, voltou a falar do ativo.

Na última quarta-feira (21),  Musk participou da conferência The B World, evento voltado para discussões em relação ao bitcoin. Na conferência, Elon se juntou ao CEO do Twitter, Jack Dorsey, entusiasta do mercado,  para debater sobre o mundo das criptomoedas.

Durante o debate, Elon Musk afirmou ter ativos digitais em sua carteira. Bitcoin, Ether (Ethereum) e Dogecoin são os escolhidos do empresário, sendo o bitcoin o ativo protagonista nas suas escolhas. Além disso, ele sinalizou a volta atrás na decisão da Tesla de não aceitar mais bitcoin como forma de pagamento. 

“A Tesla voltará a aceitar bitcoin. Isso é o mais provável”, disse Elon.

Musk ainda confirmou que a SpaceX, sua empresa focada em turismo espacial, também investe em Bitcoin. 

 

Elon Musk x Bitcoin 

 

Em fevereiro de 2021, Elon Musk anunciou que a Tesla, sua empresa que fabrica carros elétricos, passaria a aceitar pagamentos com bitcoin. A empresa também informou que tinha uma posição de cerca de US$1,5 bilhão em bitcoins.

No entanto, em Maio,  Elon informou através das suas redes sociais que a Tesla suspendeu os pagamentos em bitcoin devido seu impactos ambientais.

“Estamos preocupados com o uso crescente de combustíveis fósseis para mineração e transações com bitcoins, especialmente carvão, que tem as piores emissões que qualquer combustível”, disse o empreendedor, no Twitter.

Após as afirmações de Musk, o mercado reagiu e o ativo acabou caindo 14% em um único dia. Levantando a discussão sobre a estabilidade do mercado. 

Alguns entusiastas levantaram a hipótese de Musk estar mal intencionado nas suas colocações, já que o empresário sabe da sua influência e possível impacto no mercado. 

Alguns até levantaram a hipótese dele voltar atrás na sua decisão mais a frente, o que o empresário acabou de sinalizar que pode acontecer.

Se Elon quis testar o mercado, não podemos afirmar, mas ao que parece, o empresário não levou em consideração estudos e pesquisas sobre a mineração de Bitcoins. Segundo um levantamento feito pela CoinShares Research, 74% da energia gasta por mineradores de bitcoin vem de fontes renováveis, especialmente de energia solar, eólica e hidrelétricas.

Outra pesquisa feita pelo grupo global de energia BP, revelou que o bitcoin é mais sustentável que qualquer país do mundo. Um levantamento da Galaxy Digital chegou à conclusão que o ativo digital consome metade da energia gasta pelo sistema bancário atual.

Uma coisa é certa, as polêmicas envolvendo o bilionário e o mercado cripto são importantes para que as pessoas passem a ter mais segurança no mercado e consigam identificar os sinais de ruídos. Na época, Elon acabou gerando muitos burburinhos sobre o bitcoin, mas o ativo continuou sendo o que é, com seus princípios e fundamentos que mantém a sua valorização e utilidade.

Como costuma-se falar no mercado: as polêmicas passam, mas o bitcoin continua sendo o mesmo. 

 

Black_spot
perguntas frequentes

FAQ

O Bitcoin é um ativo digital descentralizado, baseada em uma tecnologia chamada Blockchain, que tem por finalidade negociação financeira sem intermediários. Seu uso mais comum, atualmente, é a compra e venda de produtos ou serviços pela internet.

Atualmente existem mais de 9000 moedas, classificadas como alticoins, stablescoins, securitycoins, utilitycoins e moedas tokenizadas. É possível existir um número infinito de criptomoedas, pois diariamente novos códigos para esses ativos são criados, normalmente atendendo a demandas particulares de cada empresa. Mas é possível acompanhar esse número crescente e a lista detalhada da cotação de cada criptomoeda através do site: https://coinmarketcap.com/

O primeiro passo é entrar em contato com um de nossos brokers oficiais (vide lista em nosso site: braiscompany.com/nossos-brokers/, ele vai te apresentar o modelo de negócio e o funcionamento da empresa. A partir daí, vocês podem decidir juntos qual a melhor opção de aluguel para você.

Sim. Como nossa empresa é especializada em aluguel de criptomoedas, toda a nossa relação é através delas. Dessa forma, se cadastrar em uma Exchange e criar a sua carteira de criptoativos é o primeiro passo para dar início ao seu aluguel. A partir daí, o seu broker vai lhe orientar no processo.

Após a escolha da exchange nacional e de sua preferência, é só seguir o passo a passo indicado pelo site. Será necessário apresentar seus documentos e algumas informações pessoais.

Sim, conforme previsto em contrato e em data preestabelecida. Sempre através de sua carteira de bitcoins.

Corretoras de criptomoedas são empresas que realizam a compra e venda de ativos digitais em uma plataforma própria para essa finalidade, como por exemplo a Binance e Mercado Bitcoin. A Braiscompany atua na gestão dessas criptomoedas, através de um contrato de locação de ativos digitais, remunerando o locador mensalmente em percentual variável. Logo, a Braiscompany não realiza compra e venda de ativos digitais para os seus clientes, apenas faz a gestão destes.

Estratégia! Em um mercado de alta volatilidade a Braiscompany aproveita os movimentos de preço dos ativos e, quanto mais eles se movem, para baixo ou para cima, maior a oportunidade de lucrar com isso. Para tanto a Braiscompany conta com a melhor equipe de criptotraders que operam aproveitando a alta volatilidade das criptomoedas. No campo administrativo, a Braiscompany mantém um gerenciamento financeiro forte, além de se alinhar com todo o compliance e sistema de governança estipulada pelo seu departamento jurídico.

A Braiscompany é uma gestora de ativos digitais de terceiros mediante contratos de locações. O Locador cede temporariamente seus ativos e, em troca, recebe uma remuneração mensal variável por doze meses, que é o prazo normal do contrato.

Para o nosso modelo de negócio não é exigido nenhuma autorização especifica a não ser o de arquivamento do contrato de constituição na Junta Comercial, inscrição na Receita Federal e Licença de funcionamento da Prefeitura.

Quanto a legislação tributária, prestamos à Receita Federal do Brasil todas as informações acessórias e, além disso, cumprimos com as obrigações estabelecidas na IN 1888 de maio de 2019.

Ou seja, nossa atividade é livre como qualquer outra atividade, sendo um direito constitucional nosso, baseado no princípio da livre iniciativa e na Lei da liberdade econômica (Lei 13.874/2019) e, cumprindo com todas as obrigações, estamos totalmente legalizados perante todos os órgãos exigidos na Legislação.

O mercado de criptoativos é bastante volátil. Por isso, não é possível garantir  um aluguel fixo de criptoativos.

Sim, após o pagamento da locação de seus criptoativos você tem total autonomia em suas negociações.

A Braiscompany não limita um número máximo de contratos de locação de criptoativos ficando a cargo de cada locador fazer contrato de locação de acordo com suas possibilidades. Em relação ao valor, existe um limite mínimo para os contratos, que é um valor mínimo para se poder operar no mercado de ativos digitais, você pode obter mais informações diretamente com um Broker, veja relação no nosso site.

Não, toda a relação da nossa empresa é através de criptomoedas.

0 +
Projetos Concluídos
FATOS DIVERTIDOS
CONTATO RÁPIDO
Estamos localizados no coração de Campina Grande-PB e prontos para te atender de qualquer lugar do Brasil. Tem dúvidas? Alguma sugestão? Fale com a gente!

Desenvolvido com 💛 em Campina Grande, PB
Braiscompany © Todos os direitos reservados