A criptomoeda dos EUA vem ai?

Banco central dos EUA debatem questão

O Federal Reserve (FED), que é o banco central dos EUA está debatendo a questão de uma criptomoeda oficial dos ianques.  O presidente da autarquia, Jerome Powell mostrou preocupação com o cenário financeiro internacional. Segundo Powell, há ampla discussão por vários países do mundo a respeito da adoção de criptomoedas como moedas fiduciárias oficiais.

A pressão também vem da direção do congresso nacional dos Estados Unidos, nos quais os deputados consultam constantemente o FED para tomar conhecimento de projetos que envolvam a criação de uma criptomoeda lançada com lastro em dólar.

Dólar perdendo espaço no mundo

O cenário de uma futura recessão econômica está se desenhando no ar. As constantes injeções de liquidez do governo norte americano na bolsa mostram que há um cenário temeroso vindo.

Ao injetar capital no mercado, o governo busca conter as altas quedas, devidas à intervenção de bancos centrais ao redor do mundo na economia.

Uma desaceleração econômica, somada a guerra cambial norte americana com a China, contribuem para que o dólar perca força no mercado internacional e, de quebra, ainda forçam a China a negociar com outros países usando outra moeada, seja o Yuan ou até mesmo com Bitcoin.

A China tem corrido ao mercado de criptoativos para comprar bitcoin. Acredita-se que como parte da construção de uma reserva de valor, tal qual acontece com o ouro em crises econômicas. Há uma chance real que os chineses, cada vez mais atingidos por sanções e barreiras comercial utilizem o bitcoin como carta na manga.

Por: Fábio Vieira