China aprova lei sobre criptografia inédita no mundo

Por: Allef Henrique
Publicado em: 31/10/2019

China regulando a segurança digital

No ultimo sábado (26), o Comitê Permanente do 13º Congresso Nacional do Povo da China­ aprovou a primeira lei do mundo que regulamenta a criptografia, sendo essa, um marco em toda a história. Essa lei entra em vigor em Janeiro de 2020, de acordo com o relatório do CCTV.

O relatório explica que o novo sistema de regulamentação determina padrões de criptografia e coordenação de senhas. Fica estabelecida a criação de uma agência central de criptografia, com o intuito de estabelecer uma conduta e política para esse setor.

Regulamentar significa proibir?

        O projeto de lei já veio à tona desde maio, publicado por uma agência de notícias chinesa. É possível notar que o texto enfatiza o gerenciamento de senhas do governo, mas que até o momento, não aborda de forma explícita as criptomoedas. Mas não significa que o futuro não leve a esta abordagem, uma vez que a criptografia é o coração do criptomercado.

É possível notar também que a lei prepara o caminho para a chegada da criptomoeda nacional da China, que ainda não tem um cronograma oficial para o seu lançamento.

Recentemente, o presidente da China, Xi Jinping, nos surpreendeu ao pedir a aceleração em tecnologias blockchain no seu país. Como mostramos aqui no Brais News no dia 26 de setembro, em uma pesquisa realizada com 4.200 pessoas na China, quase metade delas estariam dispostas a investir em criptomoedas.