2020 pode ser o ano do crescimento de startups

Por: Daniela Abrantes
Publicado em 21/01/2020

Brasil já possui 10 unicórnios

Saulo Michiles, diretor de Startups e Inovação da AB&DF Advocacia, escreveu um artigo para o jornal O Estado de S. Paulo, mostrando que o Brasil pode ter um grande crescimento de startups em 2020.

De 2017 para 2018 o Brasil dobrou o número de startups, chegando a 13 mil empresas. Nubank, Rappi e 99 são algumas dessas empresas que se tornaram unicórnios em 2019, avaliadas em mais de US$ 1 bilhão.

Além disso a ABstartups destaca que existem sete mil investidores anjo, 326 incubadoras e 57 aceleradoras no Brasil, movimentando em outubro aproximadamente R$ 180 milhões.

“Se vimos tudo isso em um ano que foi marcado ainda por fortes instabilidades políticas e a discreta retomada do crescimento econômico, temos tudo para acreditar que 2020 será o ano dos unicórnios e de todo o ecossistema de startups! Não só porque a provável retomada econômica certamente ajudará, ou porque a baixa na taxa básica de juros da economia direciona o capital para investimentos mais arriscados, mas, também, porque o Governo Federal e alguns governos locais já enxergaram que as startups podem ser grandes geradoras de inovação, empregos, renda e tributos.”, afirma Saulo Michiles.

O estímulo fiscal e ao setor de fintech através do Banco Central, assim como a burocratização pelo Governo Federal devem encorajar o setor das startups, aumentando as chances dessa indústria crescer em 2020.